Quer saber como fazer o Pix no celular? Então confira o passo a passo que separamos para você nesse post e passe a usar o Pix hoje mesmo.

como fazer o pix no celular

Como fazer o Pix no celular? Você tem essa dúvida? A verdade é que fazer um Pix pelo celular é bem mais fácil do que parece.

Mas para isso você precisa ter conta em um banco que pode tanto ser tradicional quanto digital, baixar o app do banco no seu smartphone e criar uma chave Pix.

Parece muito trabalhoso? Não se preocupe. Neste artigo nós vamos mostrar o caminho das pedras para você e explicar detalhadamente tudo o que você precisa. Então continue mais 3 minutinhos por aqui e confira!😉

O que é e como funciona o Pix?

O Pix é um sistema de pagamento que foi desenvolvido pelo Banco Central para facilitar as transações financeiras. Em outras palavras, ele veio para facilitar o nosso dia a dia, permitindo transferências mais velozes.

Antes da sua criação, fazer uma transferência só era possível em horário comercial. Então se alguém quisesse transferir dinheiro em um sábado, domingo ou um dia de semana à noite, não conseguiria.

Teria que esperar até o horário comercial do dia seguinte. Agora tudo ficou mais fácil. E com o tempo, ele vem ganhando cada vez mais funcionalidades, inclusive a possibilidade de emitir uma cobrança usando esse meio de pagamento.

Mas para criar um Pix você precisa ter uma conta em banco ou uma carteira digital e criar uma Chave Pix que vai ser uma espécie de identificação da sua conta.

Qual o valor do Pix posso fazer por dia?

Diferente de outras opções, não há um valor mínimo para se fazer com o Pix. Como assim? Se você quiser transferir 1 centavo, você consegue. Portanto, essa foi uma das principais inovações.

Mas atenção. Ainda que não tenha um valor mínimo, há um valor máximo diário que é determinado pelas instituições financeiras durante o dia. Cada banco determina o próprio limite que pode ser ajustado pelo cliente.

Já no horário noturno, que é das 20h às 06h, o valor de transferência é de apenas R$ 1 mil. Isso é feito para evitar fraudes que são mais comuns nessa hora do dia.

Está gostando deste artigo? Então leia também:

  1. Estorno de PIX: É Possível Pegar o Dinheiro de Volta?;
  2. PIX parcelado: Entenda como funciona;
  3. PIX é seguro? Dicas de segurança.

Qual é o valor da taxa do Pix? Eles cobram?

Outra grande vantagem do Pix é que tanto para cadastrar uma chave quanto para fazer uma transferência é totalmente gratuito. Afinal, as instituições financeiras não podem cobrar transferência Pix de pessoa física.

No entanto, no caso de empresas, o que também engloba os Microempreendedores Individuais (MEIs), o banco pode determinar uma taxa a seu critério.

Por isso, o Pix se popularizou tão rapidamente. Afinal, é fácil de usar, pode ser feito a qualquer hora do dia, em qualquer dia da semana e ainda por cima não há nenhum tipo de taxa que é cobrada.

Veja também:

  1. Consultar MEI pelo CPF: passo a passo rápido e fácil
  2. O que é MEI: Como funciona e tudo o que você precisa saber
  3. Empréstimo para MEI liberado pelo Governo existe? Como solicitar?
  4. Empréstimo para MEI Negativado: conheça as opções e veja como solicitar

Dá para cancelar um Pix?

Por se tratar de um sistema de transferência automática, o Pix não pode ser cancelado. Então, uma vez que você tenha transferido algum valor para uma pessoa, não poderá estornar essa operação.

Nesse caso, o ideal é entrar em contato com quem recebeu o valor e solicitar a transferência de volta. Mas e em casos de golpes?

Em casos de golpes o caminho é um pouco mais complicado. É preciso fazer um boletim de ocorrência e depois pedir a abertura do MED (Mecanismo Especial de Devolução), que foi criado pelo Banco Central, justamente para evitar fraudes.

O que é necessário para ter um Pix?

Para ter um Pix você precisa ter uma conta em um banco ou em uma carteira digital que seja credenciada para esse tipo de operação. É importante dizer que hoje, quase todas as carteiras digitais e contas já aceitam o Pix.

Com a conta aberta você já pode criar a sua chave Pix, que pode ser:

  1. e-mail;
  2. CPF;
  3. CNPJ;
  4. número do telefone celular;
  5. chave aleatória.

Lembrando que você não pode ter a mesma chave para duas contas diferentes. Então para cada conta será criada uma chave Pix diferente.

Quem pode abrir uma conta Pix?

Qualquer pessoa física ou jurídica pode ter uma conta Pix, desde que esteja com o CPF regularizado e que tenha uma conta em banco ou uma carteira digital.

Cumprindo esses critérios, só é necessário criar uma chave Pix na instituição financeira que você pretende movimentar e pronto. Você já pode usar o Pix.

É preciso ter conta em banco para ter Pix?

Um dos critérios para ter o Pix é ter uma conta em banco aberta, ou então uma carteira digital. Portanto, não é possível ter um Pix sem cumprir um desses dois critérios anteriormente.

Até porque, o Pix é um sistema interligado com as instituições financeiras, e assim que você informa a chave Pix para alguém, o dinheiro será recebido nesta conta.

Além do mais, é dessa conta que vai sair o dinheiro quando você também pretende realizar uma transferência para outra pessoa. Ficou claro?

Como baixar Pix no celular?

O primeiro passo para baixar um Pix no celular é cadastrar uma conta no banco. Depois que você tiver a conta, você precisa:

  1. Ir até o Play Store ou Apple Store e encontrar o app do seu banco;
  2. Instalar o app do seu banco no smartphone;
  3. Acessar o aplicativo com o login e senha.

Pronto, agora você já está com o aplicativo do banco no seu celular, o próximo passo é criar uma chave Pix dentro dele.

Veja também: Pix aplicativo: saiba o que é, para que serve

Como cadastrar o Pix no celular?

Depois que você baixou o app do seu banco ou carteira digital, e fez login nele, o cadastro do Pix é simples:

  1. Acesse a área Pix do seu banco;
  2. Vá em “Chaves Pix” ou “Cadastrar Chave Pix”;
  3. Insira a chave Pix que deseja: CPF, CNPJ, e-mail ou telefone celular.
  4. Confira se os dados estão corretos e pronto.

Agora você já está com o Pix cadastrado no seu celular, e já pode fazer e receber transferências de maneira fácil, rápida e a qualquer hora do dia ou da noite.

Como fazer o Pix no celular: transferir para outra pessoa

Para transferir valores para outras pessoas usando o Pix é simples também. Primeiro, como dissemos, é preciso cadastrar a chave, depois é só você:

  1. Acessar a área Pix;
  2. Clicar em “Pagar com Pix” ou “Transferir valores”;
  3. Informar a chave Pix de quem vai receber;
  4. Digitar o valor que pretende transferir;
  5. Confirmar se todos os dados estão corretos;
  6. Transferir o valor.

Viu só como é fácil? E em menos de 10 segundos a pessoa já recebe o valor do Pix na sua conta. Tudo rápido, prático e em poucos cliques.

Como fazer o Pix para quem não tem?

Não há como transferir valores via Pix para quem não tem um Pix. Nesse caso, você pode usar outras formas de transferência, como TED, transferência entre contas do mesmo banco ou transferência entre contas digitais.

Por exemplo, se você tem uma conta no Nubank e o destinatário também, dá para fazer uma transferência entre contas de maneira simples, e o dinheiro cai na mesma hora.

Já se são contas em bancos diferentes, é possível fazer um TED. Mas essa é uma opção que está disponível somente no horário comercial.

Como saber se eu já tenho um Pix?

Se você já cadastrou uma chave Pix em uma conta e depois parou de movimentá-la, e até mesmo esqueceu que aquela conta existe, fique tranquilo. É possível saber se você já tem uma chave Pix em algum banco.

Para isso, você precisa acessar o sistema Registrato do Banco Central. O login pode ser feito com os dados da sua conta Gov.br.

Assim que você acessa o sistema, há uma alternativa de consultar a chave Pix. Aí você já sabe as chaves que possui em todas as instituições financeiras.

Como saber em qual banco meu CPF está cadastrado no Pix?

Conforme dissemos, você pode ter uma chave Pix CPF. E pelo Registrato você consegue saber em quais dos bancos está com ela cadastrada. Para isso, você precisa:

  1. Acessar o sistema Registrato do Banco Central;
  2. Encontrar a opção “Chave Pix”;
  3. Clicar em consultar.

Vão aparecer todas as suas chaves, inclusive, a chave CPF que estará registrada em algum dos bancos que você tem conta.

Legal, não é mesmo? Agora que você já sabe tudo sobre o Pix, vamos dar algumas dicas para que você não seja vítima dos golpes que estão cada vez mais comuns.

Cuidado com os Golpes do Pix

Por se tratar de um sistema de transferência instantânea, o que não faltam são pessoas tentando aplicar golpes usando essa ferramenta. Os mais comuns são:

  1. Golpe do Pix Agendado;
  2. Urubu do Pix;
  3. Tabela do Pix;
  4. Bug do Pix;
  5. Golpe do WhatsApp Falso.

Golpe do Pix Agendado

O Golpe do Pix Agendado é normalmente executado em empresas. Uma pessoa escolhe um produto, simula uma compra e agenda um pagamento do Pix para o mesmo dia.

O vendedor, confiando no comprador, envia então o produto que foi comprado. E assim que o envio é confirmado, o golpista cancela o pagamento, e o vendedor fica sem receber, e sem o produto para vender.

Urubu do Pix

O Urubu do Pix é um golpe que promete a multiplicação de valores. Nesse caso, o golpista diz que se a pessoa fizer um Pix de R$ 100, em alguns segundos ela recebe de volta R$ 1 mil.

Para deixar o crime mais sofisticado, os golpistas usam falsos depoimentos, em páginas criadas somente para esse intuito. Porém, assim que o dinheiro é transferido, ele para de responder, e a pessoa fica sem dinheiro.

Tabela do Pix

Esse golpe é muito similar ao anterior. É apresentada para a vítima uma tabela com vários valores. Ela então pode escolher qual valor quer transferir e em pouco tempo terá o dinheiro multiplicado.

Assim como no Urubu do Pix, há páginas falsas com falsos depoimentos para tentar convencer a vítima. Os golpistas também usam a engenharia social para tentar aplicar o golpe, criando um sentido de urgência.

Bug do Pix

No Bug do Pix, os golpistas criam perfis falsos em redes sociais com falsas notícias mostrando que há um bug no Pix e que se forem feitas transferências para algumas chaves Pix, a pessoa recebe um valor bem maior de volta.

Então, eles criam uma página e há vários depoimentos de outros perfis fakes falando que realmente deu certo, que conseguiram multiplicar o dinheiro.

Só que depois que a vítima faz a transferência para essa chave, o dinheiro não cai na conta e o golpista simplesmente desaparece.

Golpe do WhatsApp falso

Esse golpe se divide em duas vertentes. No primeiro caso o golpista finge que trabalha em uma empresa e fala para a pessoa aproveitar uma oferta imperdível.

No decorrer da conversa, ele pede para ela digitar um código que recebeu no celular ou WhatsApp. Só que assim que ela digita, ele consegue acessar o telefone da pessoa de outro lugar e clona o celular dela.

Na segunda situação, o criminoso cria um perfil de mentira com o nome e foto da pessoa e passa a pedir dinheiro emprestado para os amigos e familiares da vítima, que podem se tornar vítimas desse golpe.

Conclusão

Como é possível ver ao longo deste artigo, você pode usar o Pix diretamente do seu celular, bastando apenas ter uma conta em um banco ou uma carteira digital.

Com o Pix é possível transferir valores a qualquer hora do dia, em qualquer dia da semana. Mas essa facilidade, também trouxe alguns problemas, como os golpes que se tornaram cada vez mais comuns.

Por isso, é importante sempre consultar o seu CPF na Acordo Certo. Assim dá para saber se tem alguma restrição no seu nome que você não saiba, bem como acompanhar o seu score de crédito.

Agora que você já sabe como fazer o Pix no celular é só aproveitar. E se gostou desse artigo, visite o blog da Acordo Certo e confira outras matérias como essa. Até a próxima!👋

FAQ: Perguntas frequentes

Quanto tempo tem para cancelar um Pix?

Não é possível cancelar um Pix. Mas quem foi vítima de golpe tem 80 dias para fazer um boletim de ocorrência e pedir para o banco acessar o Mecanismo Especial de Devolução (MED) do Banco Central para reaver o valor da transferência.

Como fazer Pix só com CPF?

Se a chave do destinatário for o CPF, basta entrar na área Pix da sua instituição financeira, digitar o CPF de quem vai receber o dinheiro, conferir os dados e então enviar o valor para a pessoa. Tudo isso é feito em poucos segundos.

Como usar o Pix pela primeira vez?

Para usar o Pix pela primeira vez, você terá que acessar o seu banco, criar uma chave Pix com seu CPF, e-mail ou telefone celular. Feito isso, é só acessar a área Pix e então digitar o valor que você pretende transferir.

Como eu faço para abrir uma conta Pix?

Para abrir uma conta Pix, primeiro é necessário ter uma conta em banco. Basta escolher a instituição que deseja ter a conta, informar os documentos, seguir o passo a passo e abrir a conta. Depois é só criar uma chave Pix nessa instituição.

Como transferir dinheiro para outra pessoa pelo Pix?

Para transferir dinheiro para outra pessoa, é preciso acessar a área Pix, entrar em “Pagar ou Transferir”, digitar a chave Pix da pessoa, o valor que pretende transferir e pronto. O dinheiro estará na conta da pessoa em poucos segundos.

Como faço para cadastrar o Pix da Caixa pelo celular?

Para cadastrar o Pix da Caixa pelo celular é simples: acesse o app da Caixa, vá na área Pix do aplicativo, acesse a área “Meus limites” e depois “Cadastrar Conta Pix”, clique em “Cadastrar Nova Conta”, selecione a opção “Chave Pix” e faça o cadastro.

Web Stories

Esse conteúdo foi útil?