Você caiu no golpe portabilidade salarial? Veja 2 dicas do que fazer para resolver este problema e como se proteger para evitar novas fraudes.

Golpe portabilidade salarial

Sabia que a cada 8 segundos um brasileiro é vítima de fraude envolvendo plataformas digitais? É muito golpe! E o pior é que a cada dia aparece um novo tipo de fraude, como o golpe portabilidade salarial. E o que é gole portabilidade? E como fugir dele? Veja a seguir.  

Mas afinal, o que é a portabilidade de salário? 

O direito de transferir seu salário para outro banco é o que chamamos de portabilidade salarial. Desde 2018, ficou mais simples mudar a conta onde você recebe seu pagamento, pois essa mudança pode ser feita pelo aplicativo do próprio banco, sem nem precisar sair de casa.  

Mas infelizmente, o que deveria ser uma facilidade tem sido aproveitado por golpistas para ganho próprio, dando origem ao “golpe da portabilidade salarial”.

O que é golpe portabilidade de salário e como funciona

Neste novo golpe chamado “golpe portabilidade salarial”, golpistas usam documentos falsificados com informações da pessoa prejudicada.  

Eles criam uma conta nova em um banco diferente, muitas vezes um banco digital, e pedem a transferência do salário para essa nova conta criada pela pessoa mal-intencionada. Esse pedido pode ser feito por meio do aplicativo do banco, dispensando a visita a uma agência física.  

Aliás, este tipo de fraude é considerado estelionato de acordo com o Código Penal, especificamente no artigo 171. Isso ocorre quando um criminoso engana alguém usando meios fraudulentos para obter benefícios ilegais para si mesmo ou para outros. 

Golpe falsa portabilidade salarial: o que fazer se acontecer com você 

De acordo com a Lei, a responsabilidade pelo prejuízo sofrido pela pessoa cujo salário foi roubado recai sobre ambos os bancos envolvidos. Isso inclui o banco que permitiu a criação da nova conta bancária sem a devida comprovação do consentimento do titular do CPF, bem como o banco que autorizou a portabilidade. 

É obrigação de uma instituição financeira zelar pela segurança dos fundos de seus clientes. Para isso, é necessário aprimorar a qualidade das autenticações de dois fatores e dos métodos de verificação da verdadeira identidade de quem realiza transações no aplicativo. 

Quando alguém se torna vítima desse crime, deve seguir os seguintes passos: 

1 – Mantenha a Calma e Tome Medidas Imediatas 

Se você suspeitar que foi vítima de um golpe de falsa portabilidade salarial, mantenha a calma e tome medidas imediatas. Entre em contato com o seu banco e informe a situação. Quanto mais rápido agir, melhor será a chance de resolver o problema rapidamente. 

2 – Registre um Boletim de Ocorrência 

Além de entrar em contato com o banco, registre um boletim de ocorrência na polícia. Isso é importante para iniciar uma investigação e também para ter um documento oficial do incidente. 

Como se proteger do golpe portabilidade salarial 

A segurança financeira é fundamental para garantir tranquilidade em nossa vida. Ao conhecer as táticas dos golpistas e adotar medidas preventivas, você pode minimizar o risco de se tornar vítima desse tipo de fraude. 

Proteja seus dados 

Um dos primeiros passos para se proteger contra o golpe portabilidade salarial é cuidar bem de seus dados pessoais. Evite compartilhar informações confidenciais, como números de CPF, senhas e códigos de autenticação, por meios não seguros. Certifique-se de que suas senhas sejam fortes e únicas para cada serviço, e evite utilizar informações pessoais óbvias. 

Não forneça informações pessoais 

Golpistas muitas vezes tentam obter suas informações pessoais através de ligações, mensagens de texto ou e-mails falsos. Lembre-se de que instituições financeiras legítimas não pedirão que você forneça informações sensíveis dessa forma. Então, para não cair no golpe portabilidade salarial, sempre verifique a autenticidade das solicitações antes de compartilhar seus dados pessoais. 

Veja também: Golpe do Empréstimo Consignado: Saiba como funciona e como se proteger!

Monitore seu CPF 

Manter um olho atento em seu CPF é crucial para detectar atividades suspeitas que possam indicar tentativas de fraude. Verificar regularmente o seu extrato bancário, notificações de transações e outras atividades financeiras é uma prática inteligente para evitar problemas futuros. Se você notar qualquer movimentação estranha ou não autorizada, é fundamental entrar em contato com seu banco imediatamente. 

Uma ótima notícia é que na Acordo Certo, oferecemos a você a possibilidade de monitorar seu CPF gratuitamente. Esse serviço permite que você acompanhe quem está consultando o seu CPF, o que ajuda a identificar qualquer consulta não autorizada. 

Além disso, o Registrato do Banco Central também é uma ferramenta valiosa que permite a você acompanhar as movimentações bancárias realizadas em seu nome. No Registrato, você pode verificar informações como empréstimos, bancos onde você possui contas, chaves PIX e outras operações financeiras. Esse acesso a informações relevantes é uma maneira eficaz de manter o controle sobre sua situação financeira e identificar rapidamente qualquer atividade suspeita. 

Veja também: Tem como cancelar um PIX? Veja quando é possível e o que é preciso fazer 

Conclusão 

O golpe portabilidade salarial é um alerta para a importância de manter nossas informações financeiras protegidas. Ao adotar medidas de segurança como proteger seus dados, não compartilhar informações pessoais de maneira irresponsável e monitorar ativamente seu CPF, você estará fortalecendo sua defesa contra esse tipo de fraude. Lembre-se de que a prevenção é a melhor forma de evitar problemas financeiros e preservar sua tranquilidade e bem-estar financeiro. 

FAQ: Perguntas frequentes

O que é golpe portabilidade celular? 

Ao contrário do golpe portabilidade salarial, existe um outro tipo de golpe chamado “golpe portabilidade celular” ou “SIM Swap”, que envolve a transferência de um número de celular para outro chip. O propósito desse golpe é usar essa troca para enganar e conseguir acesso indevido a uma linha telefônica. Isso pode levar a ações fraudulentas como solicitar vantagens financeiras, controlar contas de redes sociais para fins enganosos em nome da vítima e até mesmo invadir sistemas ou contas bancárias. 

O que é golpe do empréstimo consignado ou da falsa portabilidade? 

Dentro do golpe da portabilidade de crédito consignado, os golpistas abordam indivíduos que já têm empréstimos, oferecendo uma redução nas parcelas do empréstimo atual através da portabilidade. No entanto, eles realizam um novo empréstimo em nome da pessoa, retiram o dinheiro emprestado e deixam a vítima com uma nova dívida. 

Web Stories

Esse conteúdo foi útil?