Mas afinal, o CPF único, Nova Carteira de Identidade Nacional CIN vai mesmo substituir o RG e CNH? Como emitir este documento único em 2023? Veja aqui!

Nova carteira de identidade nacional

“Fica estabelecido o número de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) como número único e suficiente para identificação do cidadão nos bancos de dados de serviços públicos”, decretou a nova lei nº 14.534, do dia 11 de janeiro de 2023. 

De acordo com o site do Governo, até fevereiro de 2023 mais de 200 mil pessoas tiraram a nova carteira de identidade nacional CIN. Mas afinal, o que é este novo modelo de CPF único?  

O Documento Único agora chegou pra valer e já está sendo emitido em alguns estados do Brasil desde 2022. E quando essa mudança vai acontecer em todo o país? Será que você precisa sair correndo para atualizar todos os seus documentos? 

Calma que a gente te explica tudo! Siga a leitura.  

O que é a Nova Carteira de Identidade Nacional (CIN)

A nova Carteira de Identidade Nacional (CIN) é um documento de identificação brasileiro que vai substituir o RG (Registro Geral) e outros documentos de identificação, como a carteira de motorista, de acordo com a lei nº 14.534. 

O CIN vai gerar um único número, que servirá para a identificação dos cidadãos. Ou seja, quando uma entidade do Governo for consultar informações sobre você, ela só precisará do seu CIN ou CPF único, e você não terá que dizer vários números diferentes, como RG e CNH. Só a numeração CIN será suficiente para te identificar em todo o país. 

O CPF foi escolhido para se tornar a nova carteira de identidade nacional e documento único pois é a Receita Federal que faz as emissões, e por isso ele vale para todo o Brasil. Entretanto, quem emite o RG são os próprios estados do país. Esta não é uma informação muito popular, mas é possível sim ter um RG em cada estado, o que acaba duplicando dados e dificultando a sua identificação.  

A nova carteira de identidade nacional acaba com este problema, pois será gerado somente uma numeração para cada cidadão! 

Uma das principais vantagens da carteira de identidade nacional (CIN) é a sua praticidade, já que ela será totalmente digital e poderá ser acessada através de um aplicativo no celular. 

Além disso, a CIN vai contar com tecnologia de biometria facial, o que aumenta a segurança contra fraudes e falsificações. 

Veja também: CNH Social: Saiba o que é, como se inscrever e quem tem direito à CNH gratuita

Por que o CPF irá substituir o RG? 

Mas por que o CPF substituirá RG? Vamos te mostrar alguns motivos para esta substituição acontecer: 

  1. O formato e numeração do RG é diferente para cada Estado do Brasil, logo, ao fazer do CPF número único, o Brasil padroniza seu documento principal em todos os Estados 
  2. CPF é um número único e intransferível, enquanto RG pode ser duplicado, pois este pode ser emitido de formas diferentes nos diversos estados do país; 
  3. CPF é utilizado em diversas outras situações além da identificação; 
  4. CPF como documento único aumenta a eficiência e agilidade no processo de identificação; 
  5. A nova carteira de identidade nacional CIN contará com tecnologia de biometria facial, tornando o processo mais seguro e confiável 

Carteira de Identidade – Versão Física 

Com a chegada do CPF número único, a ideia é que a versão física do documento seja gradualmente substituída pela versão da carteira de identidade digital. 

A CIN é um projeto que moderniza e unifica a forma como nós brasileiros nos identificamos, por meio da utilização de uma versão digital da carteira de identidade, que poderá ser acessada por um app no celular.  

Ainda assim, a versão física da carteira de identidade continuará a ser emitida mesmo depois de virar documento único, pelo menos por um tempo, para aqueles que não têm acesso ou preferem o formato físico. 

Logo, a sua versão física atual e antiga do RG será válida até 2032. Depois, disso, você terá que fazer a renovação do documento já no novo formato CIN. 

Carteira de Identidade Digital 

A nova CIN, ou Carteira de Identidade Digital, poderá ser acessada pelo seu smartphone através da internet, pelo aplicativo GOV.BR, que pode ser baixado gratuitamente na lojinha do seu celular Android ou IOS. Ela terá o mesmo formato e layout da versão física, e também a mesma segurança.  

Mas lembre-se: de acordo com o site do Governo, você só poderá ter a versão digital após a emissão da carteira física. E para conferir a autenticidade do seu documento, sua nova CIN vai ter um QR Code que poderá ser lido por qualquer cidadão e vai permitir checar se a identidade é autêntica ou se foi furtada ou extraviada. 

Padrões internacionais 

De acordo com a nova lei do CPF, a CIN irá atender padrões internacionais pois terá o código MRZ (Machine Readable Zone, ou zona legível por máquina), que é uma área reservada para a leitura automática da carteira de identidade, tornando o processo de leitura mais rápido e eficiente. 

Este código é encontrando em documentos internacionais de identidades, como passaportes, e pode facilitar seu acesso e entrada em países do Mercosul, como Argentina, Paraguai e Uruguai). 

Como fazer Carteira de Identidade Nacional 

Para fazer a primeira via da sua carteira de identidade CIN, será necessário levar alguns documentos até um Institutos de Identificação dos Estados, que podem ser por exemplo:  

  • Poupatempo
  • Instituto de Identificação da Polícia Civil 
  • Detran 

Mas se você quer a nova carteira de identidade nacional e atualizar seu documento atual, vale reforçar que sua identidade tem 10 anos de validade, logo, se ela ainda não venceu, não precisa se preocupar em trocar por enquanto.  

O que é preciso para tirar a Carteira de Identidade Nacional 

Confira como fazer carteira de identidade digital 

  1. Certidão de nascimento ou casamento 
  2. Documento de identificação com foto, como RG, CNH 
  3. Não pode ter CPF irregular e nem inconsistente, ou seja, ele precisa estar regularizado e ter a situação cadastral de CPF regular

Ao tirar a carteira de identidade nova, você receberá duas versões: a física e a digital, que pode ser consultada pelo QR Code mesmo sem internet.  

Como acessar a versão digital da CIN 

Para acessar o modelo digital da sua CIN ou CPF documento único, você precisará: 

  1. Aguardar o recebimento do seu documento físico novo, já no formato CIN 
  2. Depois de receber, baixe o aplicativo GOV.BR no seu celular 
  3. Faça o login gov.br através do seu CPF e senha de acesso 
  4. Acesse “Carteira de documentos” no app depois de fazer login 
  5. Clique no botão + 
  6. Escolha “Carteira de Identidade” e depois clique em “adicionar documento” 

Se você preferir, o Governo fez um vídeo explicativo com o passo a passo ilustrativo

CPF Único: documentos que passarão a ter o CPF incluído 

Segundo a lei nº 14.534., estes são os documentos que vão ter o CPF: 

  1. Certidão de nascimento 
  2. Certidão de casamento 
  3. Certidão de óbito 
  4. Documento Nacional de Identificação (DNI) 
  5. Número de Identificação do Trabalhador (NIT) 
  6. Registro no Programa de Integração Social (PIS) ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep
  7. Cartão Nacional de Saúde, ou Cartão do SUS 
  8. Número do título de eleitor por CPF
  9. Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) 
  10. Número da Permissão para Dirigir ou Carteira Nacional de Habilitação (CNH)
  11. Certificado militar 
  12. Carteira profissional expedida pelos conselhos de fiscalização de profissão regulamentada, e 
  13. Outros certificados de registro e números de inscrição existentes em bases de dados públicas federais, estaduais, distritais e municipais. 
5 Hábitos Fáceis para Economizar no Dia a Dia!
5 Hábitos Fáceis para Economizar no Dia a Dia!
Afinal, quanto o Futebol Solidário arrecadou?
Afinal, quanto o Futebol Solidário arrecadou?
Como receber mais R$540 na Bolsa do Povo
Como receber mais R$540 na Bolsa do Povo
As 10 cidades com mais Bilionários do mundo
As 10 cidades com mais Bilionários do mundo
Intercâmbio Canadá: quanto custa 6 meses?
Intercâmbio Canadá: quanto custa 6 meses?

FAQ – Perguntas frequentes 

Quanto custa a nova carteira de identidade?

A emissão da nova carteira de identidade nacional será gratuita, se for a primeira via da mesma.  

Tem como fazer a nova carteira de identidade pela internet?

Não. É necessário ir presencialmente em uma unidade de atendimento para validar seus documentos e fazer então a nova carteira de identidade nacional. Depois de emitir a versão física, você poderá acessar seu documento pela internet.  

Quando preciso renovar meus documentos? 

Alguns dos principais documentos precisam ser renovados de 10 em 10 anos, como o RG, Passaporte (para maiores de 18 anos) e CNH (para condutores de até 50 anos). Logo, antes de sair correndo para fazer a nova carteira de identidade nacional, verifique primeiro se seu RG ainda está dentro do prazo de validade.  

O que é CIN?

É a Carteira de Identidade Nacional, ou seja, o novo modelo de documento de identificação do cidadão Brasileiro, desenvolvido em 2022. 

CPF substituirá RG? 

Sim: depois de 2032, a numeração RG será definitivamente substituída pelo CPF Único, ou nova carteira de identidade nacional CIN.  

Esse conteúdo foi útil?